História 

                   O INSTITUTO GERAÇÃO FUTURA foi idealizado a partir das necessidades dos moradores das comunidades da cidade que lutavam por condições de moradia digna e por superação da situação precária em que viviam. Foi fundado em 17 de abril de 2005, é uma organização civil de direito privado, sem fins lucrativos, regido por Estatuto próprio e pela legislação vigente, com personalidade de representação legal dos associados e usuários junto aos poderes públicos constituídos e demais organizações da sociedade civil. Sua atuação se dá em todo o território brasileiro em parceria com as três esferas de governo, com o setor privado e com organizações da sociedade civil da mesma natureza, consolidando uma política de qualidade significativa nos serviços prestados, visando à transformação e a inclusão social, norteada pelo comprometimento, responsabilidade e transparência.

                   Em 2015 a equipe técnica do Instituto realizou pesquisas nos territórios mais afetados pela pobreza e alta vulnerabilidade social de São Bernardo do Campo, em busca de um novo espaço e de um novo território de atuação. Neste período identificou como público alvo os moradores da comunidade do Jardim Nossa Senhora de Fátima/Demarchi, por ser uma comunidade que apresenta dificuldades de acesso aos serviços sócios assistenciais e por acreditar que os serviços oferecidos pelo Instituto poderiam beneficiar os moradores e contribuir para a transformação da realidade local.

                   Atualmente a entidade está instalada na Rua Valdomiro Luis, 45 - Jardim Nossa Senhora de Fátima/Demarchi desenvolvendo atividades de arte, cultura e lazer. Nesta comunidade e no entorno, foram diagnosticadas múltiplas faces da questão social como desemprego, drogadição, violência doméstica e criminalidade. Por esta razão a entidade está fortalecendo os vínculos com as lideranças locais para que juntos possa-se desenvolver ações efetivas em resposta as necessidades dos moradores e que venham promover o desenvolvimento social. 

                   Devido à crise avassaladora que está instalada no nosso país, agravaram-se ainda mais as múltiplas faces da questão social, o aumento do desemprego contribuindo para o crescimento do empobrecimento da população e consequentemente para o aumento das desigualdades sociais. A dificuldade de acesso aos serviços sociais básicos que o território enfrenta cotidianamente se constitui numa das principais limitações para o desenvolvimento humano, pois restringe a capacidade de escolha dos usuários para decidir sobre o próprio futuro e para se inserir na sociedade como um todo. As grandes disparidades nos rendimentos, na educação, na saúde e demais dimensões do desenvolvimento humano expõe um grande número de pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, o que contribui para a formação de grupos marginalizados e excluídos, ou seja, são os mais pobres que sofrem os impactos das crises política e econômica que estamos vivemos hoje.

                   Considerando que as demandas da área de assistência social cresceram proporcionalmente, muitas são as inquietações e desafios diante das dificuldades para atender as necessidades do público atendido. O grande desafio que enfrentamos nesse cenário é a urgência em ampliar as políticas públicas existentes, criar novas políticas e desenvolver programas e projetos que promovam oportunidades de acesso aos direitos sociais às crianças, adolescentes, idosos e famílias, que se encontra em situação de exclusão social, decorrentes do desemprego, da pobreza, do precário ou nulo acesso aos serviços públicos, da fragilização de vínculos de pertencimento e sociabilidade, residentes no município e território de abrangência do Instituto.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Rua Valdomiro Luis n°45,

Nossa Senhora de Fátima - Demarchi  

       Ajude-nos há        transformar o futuro

(11) 9 8613-6470

Horários de Atendimento :

(11) 4101-4448

Seja um voluntário 

 Venha transformar o futuro 

Dás 08h00 às 12h00

Dás 13h00 às 18h00

Horários:
Dias da Semana:

Segunda - Feira à

Sexta - Feira